O que é uma erupção zika?

O que é uma erupção zika?

visão global

A erupção cutânea associada ao vírus Zika é uma combinação de manchas planas (máculas) e levantou pequenos picos avermelhados (pápulas). O nome técnico para a erupção é maculopapular. Muitas vezes é coceira.

O vírus Zika é transmitido pela picada de um infectado Aedes mosquito. A transmissão também é possível da mãe para o feto ou por intercurso sexual, transfusão de sangue ou mordida de animal.

O vírus geralmente é leve e, em cerca de 80% dos casos, nenhum sintoma é percebido. Quando os sintomas ocorrem, eles podem incluir:

  • erupção cutânea
  • febre
  • dor de cabeça
  • fadiga
  • conjuntivite
  • dor nas articulações

Os sintomas geralmente desaparecem em duas semanas ou menos.

O vírus recebeu o nome da floresta Zika em Uganda, onde foi descrita pela primeira vez em 1947. Sua primeira ocorrência generalizada nas Américas ocorreu em 2015, quando o Brasil registrou centenas de milhares de casos de zika, alguns com complicações sérias para mulheres grávidas.

Continue lendo para saber mais sobre a erupção que pode ocorrer em quem contrai Zika.

Imagem de erupção cutânea com Zika

Uma erupção cutânea do vírus Zika apresenta pequenos inchaços vermelhos e manchas planas. | Fonte da imagem: Wikimedia Commons

Quais são os sintomas?

A maioria das pessoas com zika não tem erupções cutâneas e nenhum outro sintoma. Em um grande estudo brasileiro, apenas 38% das pessoas com zika se lembraram de uma picada de mosquito.

Se você receber uma erupção do vírus Zika, ela pode aparecer dentro de 3 a 12 dias após a picada de um mosquito infectado. A erupção muitas vezes começa no tronco e se espalha para o rosto, braços, pernas, solas e palmas das mãos.

A erupção é uma combinação de pequenos inchaços vermelhos e manchas avermelhadas. Outras infecções transmitidas por mosquitos têm erupções similares, incluindo dengue e chikungunya. Estes são classificados como flavivírus.

Mas ao contrário dessas outras erupções flavivirus, a erupção de zika foi relatada para coceira em 79 por cento dos casos.

Erupções semelhantes também podem resultar de reações a drogas, alergias, infecções bacterianas e inflamação sistêmica.

Um estudo no Brasil de casos confirmados de zika vírus observou que, em 98% dos casos, as pessoas foram ao médico porque viram a erupção do zika.

O que causa isso?

O vírus Zika é transmitido principalmente pela picada de um mosquito infectado do Aedes espécies. O vírus entra nos seus gânglios linfáticos e na corrente sanguínea. A reação do seu sistema imunológico ao vírus pode ser expressa em uma erupção maculopapular.

Como isso é diagnosticado?

Seu médico lhe perguntará sobre qualquer viagem recente que você (ou um parceiro) tenha tido em áreas onde o zika é endêmico. Eles vão querer saber se você se lembra de uma picada de mosquito.

O médico também perguntará sobre seus sintomas e quando eles começaram.

Como a erupção cutânea do vírus Zika se assemelha à de outras infecções virais, seu médico pode solicitar uma variedade de testes para descartar outras causas. Testes de sangue, urina e saliva podem ajudar a confirmar o zika. Novos testes estão em desenvolvimento.

Qual o tratamento?

Não há tratamento especial para o vírus Zika ou para a erupção cutânea. O tratamento recomendado é semelhante ao de outras doenças semelhantes à gripe:

  • descansar
  • muitos líquidos
  • paracetamol para reduzir a febre e a dor

Quanto tempo isso dura?

A erupção geralmente desaparece sozinha dentro de 1 a 4 dias após o início.

Complicações possíveis

Não há complicações da erupção do zika em si. Mas pode haver sérias complicações do vírus Zika, especialmente para mulheres grávidas.

No Brasil, durante o surto do vírus Zika em 2015, houve um aumento nos bebês nascidos com uma pequena cabeça ou cérebro (microcefalia) e outros defeitos congênitos. O forte consenso científico é que há uma associação causal com o vírus Zika na mãe.

Nas Américas e na Polinésia, há relatos de aumento de meningite, meningoencefalite e Guillain-Barr? síndrome associada ao vírus Zika.

Como e se o vírus Zika causa essas complicações está sendo pesquisado agora.

As mulheres grávidas que têm uma erupção de zika são aconselhadas a fazer exames para determinar se o feto apresenta sinais de microcefalia ou outras anormalidades. O teste inclui ultrassonografia e uma amostra de fluidos uterinos (amniocentese) para procurar o vírus Zika.

Qual é a perspectiva?

Atualmente, não há vacina para o vírus Zika. O vírus Zika geralmente é leve e a maioria das pessoas não percebe sintomas. Se você tiver uma erupção cutânea com zika ou outros sintomas de vírus, poderá se recuperar em duas semanas ou menos.

Para evitar a disseminação da infecção para outras pessoas, proteja-se contra picadas de mosquito durante três semanas depois de ter tido zika ou tenha visitado uma região onde o zika esteja presente. Se um mosquito picar você enquanto você tem o vírus, ele pode espalhar o vírus para outras pessoas que ele morde.

Os Centros de Controle de Doenças dos EUA (CDC) recomendam que as mulheres grávidas não viajem para áreas onde haja risco de zika. O CDC também recomenda que as mulheres grávidas mantenham relações sexuais com preservativos ou se abstenham de sexo enquanto estiverem grávidas.

O vírus permanece na urina e no sêmen por mais tempo que no sangue. Os homens que têm o vírus Zika devem tomar precauções com o parceiro durante a gravidez ou se a gravidez estiver planejada. O CDC recomenda que os homens que viajaram para uma região com zika devem usar preservativos ou se abster de sexo por seis meses.

Dicas de prevenção

Proteger-se contra as picadas de mosquito é a primeira linha de defesa contra o vírus Zika.

Em áreas onde há risco de zika, tome medidas para reduzir a população de mosquitos. Isso significa se livrar de qualquer água parada perto da casa que possa criar mosquitos, de vasos de plantas a garrafas de água.

Se você mora ou está viajando para uma região onde há risco de zika:

  • Use roupas de proteção, incluindo mangas compridas, calças compridas, meias e sapatos.
  • Use um repelente contra mosquitos eficaz que tenha pelo menos 10% de concentração de DEET.
  • Durma debaixo de uma rede de cama à noite e fique em locais com telas nas janelas.